Vogui

Programa de Intervenção para o Desenvolvimento de Competências Pessoais e Sociais

O QUE É O VOGUI?

O VOGUI é um programa de Intervenção para o Desenvolvimento de Competências Pessoais e Sociais com base na educação não formal e Orientação Vocacional.

O nome resulta das abreviaturas do Inglês “Vocational Guidance” que se refere à orientação vocacional.

QUEM CRIOU O VOGUI?

O VOGUI foi criado pela Psientífica – Associação para a Promoção e Desenvolvimento Social que é uma associação sem fins lucrativos constituída em 2005, sediada em Águeda e dedicada à educação e à juventude.

O conceito foi inicialmente desenvolvido e testado por diversos elementos internos e externos à organização (professores, psicólogos, investigadores, youth workers e jovens participantes).

PORQUE RAZÃO SE CRIOU O VOGUI?

O desenvolvimento do VOGUI foi motivado pela necessidade de se criar uma solução que desse resposta a um conjunto de constatações:

Os jovens são confrontados no 9.º ano com a necessidade de fazer uma escolha formativa, muitas vezes sem estarem preparados para isso, condicionando, contudo, o seu futuro;

Segundo a opinião de alguns experts, muito do insucesso no Ensino secundário (sobretudo no 10º ano) deve-se ao enquadramento errado do jovem no percurso formativo;- Muitos jovens continuam a chegar ao 12º ano sem terem certezas das escolhas que pretendem fazer para o prosseguimento de estudos;

Muitos jovens continuam a fazer escolhas no prosseguimento de estudos, com base em critérios desadequados (seguir um amigo, o conhecimento/desconhecimento de uma cidade, a proximidade de casa, etc.);

Segundo a opinião de alguns experts, muito do insucesso no Ensino superior é devido a desmotivação, motivada em muitos casos por um mau enquadramento.

Um mau enquadramento no Ensino superior pode motivar situações de desconforto pessoal, retenções, mudanças de curso, desenquadramento com o trabalho motivando frustração e/ou instabilidade laboral ou ainda reorientação de carreira, como resposta ao desenquadramento laboral.

Autoconceito

Acumular aprendizagens sobre si e sobre a realidade, partindo do estado atual da sua relação pessoal com o mundo, que sejam úteis ao processo de (re)construção ativa dos seus investimentos atuais.

Adaptabilidade

Capacidade de adaptação aos “empregos do futuro”, com enfase no espírito de iniciativa, de empreendedorismo e de adaptação à realidade do mercado de trabalho e/ou do ensino superior

Conhecimento do contexto profissional

Informação e esclarecimento das oportunidades e das alternativas vigentes, quer para transição pós escolaridade como para transição profissional, de forma a desmistificar estigmas associados a determinadas profissões

O VOGUI pretende ainda

Informar a capacitar os pais para apoiarem os seus filhos nos processos de escolha;

Envolver o VOGUI na dinâmica da Escola e do meio;

Envolver a comunidade empresarial e convidá-los a ter um papel ativo;

Conceber, desenvolver e testar novas orientações de capacitação e orientação para jovens e técnicos;

Alterar a perspetiva dos jovens face à Europa e ao Mercado Europeu, face ao mercado nacional;

Modificar a imagem negativa e depreciativa dos jovens face à industria e aos empregos na Industria.

NA PRÁTICA EM QUE CONSISTE O VOGUI?

Na prática o VOGUI consiste num programa que contempla atividades continuas e atividades pontuais, a saber:

Atividades continuas (decorrem ao longo do ano):

Sessões em Grupo (turma ou clube) de Desenvolvimento de Competências Pessoais e Sociais com base na educação não formal e Orientação Vocacional.

Sessões pontuais (decorrem em períodos definidos do ano):

Stakeholders

Informação/formação de Técnicos, docentes, psicólogos, pais, empresas, e comunidade em geral;

Seminário (para apresentação do projeto e dos seus resultados).

Jovens

Testemunhos (Contacto com profissionais, empreendedores e empresários da região que darão o seu testemunho sobre as profissões e o mercado de trabalho, na metodologia World Caffe);

Visitas a empresas (visita a empresas e organizações locais, permitindo o contacto pessoal dos jovens com a realidade);

Jobshadowing (Mediante calendarização autónoma de cada jovem, estes beneficiam de uma experiência de estágio em que acompanham profissionais das áreas com as quais se identificam num dia normal de trabalho, podendo assim conhecer duma forma mais contextualizada as atividades inerentes a uma determinada profissão;

Feira de oferta formativa (Feira de oferta formativa aberta à comunidade, em que escolas e universidades de todo o país serão convidadas a estar representadas.

PORQUE RAZÃO VALE A PENA DAR UMA OPORTUNIDADE AO VOGUI?

Vale a pena dar uma oportunidade ao VOGUI porque:

Dá espaço à opinião do jovem;

Fala a linguagem do jovem;

Coloca o jovem no comando da sua viagem;

Assenta nas necessidades e nas expectativas dos jovens;

Promove a interação entre os diversos agentes (jovens, pais, professores e comunidade);

Utiliza as soluções digitais para massificar e chegar ao público-alvo;

Preconiza o desenvolvimento de um modelo de intervenção replicável, com informação centralizada, ferramentas partilhadas e acessíveis;

Promove a criação de uma comunidade preocupada e com sentido crítico.

Contactos Capacitação